Notícias

voltar

Agricultura

CAAL na 26ª Abertura da Colheita do Arroz no RS

Publicada: 18/02/2016 - Fonte: CAAL

A Abertura Oficial da Colheita do Arroz no RS é um evento que já tem história e Alegrete mais uma vez escreve um capítulo, como já o fez na década de 1990 quando nosso município sediou este evento que sinaliza simbolicamente o início da safra do grão em nosso estado. Desde aquela primeira vez em Alegrete quando a CAAL foi uma das organizadoras que a cooperativa alegretense é protagonista nos eventos ligados ao setor arrozeiro.
Nesta edição da Abertura Oficial da Colheita de Arroz não é diferente e a CAAL demonstra seu empenho e competência em buscar alternativas para o uso de subprodutos e resíduos oriundos da industrialização do arroz em casca, hoje uma tendência e necessidade cada vez maior na indústria moderna. Por isso é sempre oportuno buscar soluções para o uso de resíduos como a casca, utilizando como gerador de energia elétrica através da queima da casca de arroz em sua Usina Termoelétrica. Para demonstrar os resultados do uso da cinza no solo, a CAAL desenvolveu no parque de Exposições um experimento demonstrativo onde aplicou cinzas em uma parcela e outra parcela convencional sem a adição de cinzas.
Os visitantes e expositores da 26ª Abertura da Colheita de Arroz visitaram e ficaram bem impressionados com as possibilidades deste uso da casca, pois o que viram foram resultados promissores que dependem de mais alguns ajustes e questões de liberação por órgãos competentes. Mas o caminho está trilhado e o conhecimento adquirido poderá ser aplicado na prática, melhorando o solo e as lavouras.
Este foi o experimento apresentado pela CAAL através do seu corpo técnico durante a 26ª Abertura Oficial da Colheita de Arroz que acontece em Alegrete. A cinza utilizada nesta demonstração é proveniente da queima da casca de arroz utilizada para geração de energia elétrica na Usina Termoelétrica CAAL. Os visitantes que assistiram às apresentações ficaram muito curiosos com os resultados visto in loco, uma vez que ficou comprovado através das amostras que existe um grande potencial no aproveitamento destas cinzas.

imagens
voltar