Notícias

voltar

Negócios

CAAL assina contrato para Usina Solar

Publicada: 23/08/2018 - Fonte: CAAL

A energia solar no Brasil tem crescido de forma constante nos últimos anos, tendo a seu favor diversos benefícios econômicos e ambientais que estão ajudando a impulsionar o crescimento desta fonte de energia renovável.

Entre os benefícios econômicos da Energia Solar pode-se destacar que investidores na geração solar podem gerar a sua própria energia renovável e assim praticamente se livrar da sua conta de luz. Quanto mais energia solar instalada menor é a necessidade de utilizarmos as usinas termoelétricas que são caras, contribuindo para uma menor inflação na rubrica “conta de luz”. Junto ao benefício econômico vem a questão social, sendo a indústria de energia solar no Brasil geradora de milhares de empregos, e à medida que se incrementa o uso de placas solares, mais renda e trabalho são gerados no setor.

Os benefícios ambientais também são muitos. À medida que aumenta o parque gerador de energia a partir da matriz solar, menos áreas serão inundadas para hidrelétricas, poupando matas e áreas agricultáveis. Menor emissão de gases gerados pelas termoelétricas a carvão ou óleo é outro benefício importante.

Como exemplo de benefício ambiental tome-se o caso da usina solar que a CAAL está implantando. A capacidade nominal de 343 KW/p seria suficiente para abastecer mais de 340 residências e evitaria a emissão de 3.000 toneladas de gás carbônico por ano, protegendo o meio ambiente da poluição.

As vantagens de se utilizar a energia solar são inúmeras, principalmente por ser totalmente renovável e infinita. Também não faz barulho, exige pouca manutenção, é de fácil instalação, além de ser financeiramente viável e acessível.

Por todas estas razões econômicas e ambientais a CAAL implantará uma usina geradora de energia a partir da luz do sol. Para isso, contratou um financiamento junto à Sicredi Pampa Gaúcho, que tem linha especial para este tipo de investimento em energia limpa. O fornecedor dos equipamentos e dos serviços de montagem e instalação do sistema será a empresa alegretense Esco-GD, que a partir da PampaTec, incubadora de empresas tecnológicas da Unipampa Campus Alegrete tem conquistado mercado no segmento de energia limpa. A Esco-GD foi fundada em 27/02/2015 por três engenheiros eletricistas, sendo dois formados na UNIPAMPA - Universidade Federal do Pampa.

Para assinar o contrato de financiamento com a Sicredi Pampa Gaúcho e selar o contrato com a fornecedora da tecnologia, reuniram-se os diretores das três instituições envolvidas no projeto. A assinatura ocorreu no auditório da CAAL nesta quinta-feira, 23 de agosto.

O presidente da CAAL, José Alberto Pacheco Ramos, juntamente com o vice-presidente, Antônio Roberto Mendes Dalcin, receberam o diretor da Esco-GD Nelcy Ulisses Duarte de Almeida e o presidente da Sicredi Pampa Gaúcho, José Antônio Menezes. Acompanharam o presidente José Antônio o Superintendente Regional Leandro Gindri de Lima e a gerente de contas Dunia Milbradt. O presidente Ramos enfatizou a importância de ter um parceiro como a Sicredi que oferece condições adequadas de financiamento e, principalmente a agilidade no processo como um todo, sendo um diferencial em relação a outras instituições financeiras. Por sua vez, o presidente da Sicredi, José Antõnio citou o sexto princípio cooperativo, que trata da intercooperação, quando as cooperativas agem mutuamente fortalecendo os laços cooperativistas e valorizando o ato de cooperar.

O presidente Ramos justificou a iniciativa como uma oportunidade de negócio que vai beneficiar a cooperativa economicamente e contribuir com o meio-ambiente ao produzir energia limpa e renovável. A exemplo da usina termoelétrica que transforma casca de arroz em energia, esta usina solar confirma a vocação da CAAL em buscar soluções sustentáveis para os negócios da cooperativa. Com a geração na Unidade Rincão do São Miguel que ocupará uma área de 3 mil metros quadrados com 1.040 painéis solares, a energia abastecerá toda a planta de recebimento e armazenagem, além de suprir as necessidades da CAAL Centro Comercial.

As vantagens da geração própria não se resumem apenas ao negócio em si. Os associados da CAAL, os consumidores das lojas, a comunidade como um todo é beneficiada. Os associados e produtores têm a garantia de funcionamento da unidade industrial com energia de qualidade e redução de custo. Os consumidores também são beneficiados com os menores custos que proporcionarão melhores negociações dos produtos das lojas. A comunidade é beneficiada com a manutenção de empregos e geração de renda que fica no município, fazendo girar a roda da economia local.

O diretor da Esco-GD, Nelcy de Almeida disse que é uma satisfação muito grande poder trabalhar com a CAAL, pois isso demonstra que a cooperativa apoia iniciativas da terra, contribuindo com o desenvolvimento dos negócios locais. Nelcy destacou que esta é a maior usina solar do município, que deverá estar em funcionamento até o final deste ano de 2018.

Este é mais um investimento estratégico da CAAL que pensa na sustentabilidade como um todo, desde a proteção do meio ambiente à manutenção do negócio de forma que se sustente ao longo do tempo. Isso se dá através de mecanismos que agregam valor à marca, ao mesmo tempo que reduzem custos de produção. Agindo assim, os diretores e gestores da organização preparam a cooperativa para os desafios dos novos tempos.  

voltar