Notícias

voltar

Eventos

CAAL realiza XX Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho

Publicada: 19/08/2016 - Fonte: CAAL

Pela primeira vez a CAAL apresentou a Sipat à imprensa alegretense, através de um café da manhã quando foram expostos os investimentos realizados e a atuação responsáel da CAAL no que tange à prevenção contra acidentes do trabalho e os cuidados que a cooperativa exerce em benefício da segurança e saúde dos trabalhadores.

Com a participação da equipe técnica do Sesmt e gerentes das unidades de negócio os profissionais de imprensa de Alegrete puderam conferir o quanto a CAAL investe e acredita na capacitação do seu quadro funcional apra evitar o máximo possível a ocorrência de acidentes no ambiente de trabalho.

Em sua Vigésima edição a SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) CAAL acontece de 22 a 26 de agosto nas unidades da cooperativa. A SIPAT CAAL contempla uma semana inteira de atividades voltadas para prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, focando na prevenção e conscientização dos trabalhadores. Nos últimos três anos a participação dos funcionários da CAAL em SIPATS tem sido expressivo, envolvendo 1.390 pessoas, com média de 463 funcionários por ano, conforme demonstrado abaixo:

2013 – 400 Funcionários
2014 – 433 Funcionários
2015 – 557 Funcionários

Mas o cuidado com a segurança na CAAL não se resume apenas à SIPAT. Existe um conjunto de ações e programas que permeiam as decisões da cooperativa no cuidado com a segurança e a prevenção à acidentes do trabalho. Devido à natureza de algumas atividades desenvolvidas pela CAAL, principalmente na Unidade Industrial riscos existem para certas funções exercidas pelos trabalhadores. Como é impossível eliminar totalmente os riscos, o que a CAAL faz constantemente é investir na prevenção e no treinamento dos funcionários. Estes investimentos visam o bem-estar e a qualidade de vida dos trabalhadores

Além dos treinamentos e ações preventivas, a CAAL oferece e estimula o uso regular e adequado dos EPIS (Equipamentos de Proteção Individuais) e EPCs (Equipamentos de Proteção Coletivos), investe na prevenção das doenças ocupacionais, cumpre todas as normas regulamentadoras (NR) do Ministério do trabalho e apoia todas as ações das CIPAS (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho e do Sesmt (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho).

O SESMT da CAAL exerce um conjunto permanente de ações, medidas e programas, previstos em normas e regulamentos, além daqueles desenvolvidos por livre iniciativa da empresa, tendo como objetivo a prevenção de acidentes e doenças, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida, a promoção da saúde do trabalhador e do meio ambiente de trabalho; objetivando garantir, permanentemente, um nível mais eficaz de segurança e saúde a todos os trabalhadores, observando como princípios básicos:

Para trabalhar de forma organizada e planejada no que se refere à segurança e prevenção a CAAL utiliza um módulo informatizado, chamado SIGAMDT que integra as atividades preventivas ao processo produtivo, abrangendo todos os aspectos relacionados ao trabalho. O planejamento das ações de prevenção, é feita através da implementação dos programas de gestão da segurança e saúde do trabalhador; PPRA, PCMSO, PCA, PPR, PPCI e Programa de Treinamento e Capacitação, sempre com a participação dos trabalhadores no planejamento, execução e avaliação das medidas adotadas pela empresa.

O investimento da CAAL em EPI e EPC é demonstrando em valores consideráveis, totalizando nos últimos cinco anos R$ 2.392.193,30, com um média de R$ 478.438,66 por ano, assim distribuídos:

2012 Foram Investidos – R$ 288.261,84
2013 Foram Investidos – R$ 323.409,08
2014 Foram Investidos – R$ 593.096,68
2015 Foram Investidos – R$ 614.074,91
2016 Foram Investidos – R$ 573.350,79

Todas as atividades envolvendo riscos exigem treinamentos obrigatórios com a finalidade de habilitar os trabalhadores a realizarem com segurança as atividades em seus respectivos setores. Por essa razão o SESMT CAAL ministra cursos internos contemplando todas as Normas Regulamentadores exigidas pelo Ministério do Trabalho: NR5 (CIPA); NR10 (Trabalho com Eletricidade); NR11 (Operador de Empilhadeira); NR13 (Operação de Caldeiras); NR31 (Manuseio de Agroquímicos); NR33 (Espaço Confinados); NR35 (Trabalho em Altura); Vigilância Patrimonial e Integração.

O total de horas de curso ministrados nos últimos cinco anos totaliza 9.094 horas de treinamento, média de 1.820 horas por ano, com um total de 1.636 funcionários treinados, representando 330 funcionários em média por ano. Abaixo demonstrativo anual dos treinamentos:

2012 Carga Horária – 360 Horas Funcionários Capacitados 180
2013 Carga Horária – 756 Horas Funcionários Capacitados 288
2014 Carga Horária – 1370 Horas Funcionários Capacitados 342
2015 Carga Horária – 3392 Horas Funcionários Capacitados 424
2016 Carga Horária – 3216 Horas Funcionários Capacitados 402

Além do cuidado com a segurança nas atividades e no ambiente de trabalho a CAAL também disponibiliza aos seus funcionários um ambulatório médico odontológico. Entre as atividades desenvolvidas pelo Ambulatório CAAL estão os exames complementares que ficam a critério médico, onde primeiramente é feito uma avaliação do ambiente de trabalho e risco que o trabalhador está exposto e qual o limite de tolerância de cada risco (PPRA). Outra atividade é a avaliação ocupacional do funcionário sempre que houver queixas referentes à função desempenhada na empresa. Também é desenvolvida pelo ambulatório CAAL a avaliação ergonômica do ambiente de trabalho que tem por objetivo verificar e qualificar as condições a que estão sujeitos os funcionários em suas atividades durante o processo produtivo da empresa.

Nos últimos cinco anos foram realizados 3626 exames obrigatórios, 2.564 consultas médicas, 2.801 procedimentos ambulatoriais, 2.100 atendimentos odontológicos e realizadas 1.342 imunizações contra a gripe pela equipe do Ambulatório que é formada por um médico do trabalho, uma técnica em enfermagem e um cirurgião dentista. Também são utilizados serviços de profissionais de outras áreas médicas contratados quando necessário.

Como fica demonstrado, para a CAAL investir na segurança, prevenção e saúde do trabalhador é fundamental para preservar a vida do bem maior de qualquer empresa: as pessoas.

imagens
voltar